São João da Chapada

 

 

 

Produtos Turísticos
Produtos Solidários
Fotos
  São João da Chapada  
© 21/09/2006 - Matheus Daniel Pires de Moraes

São João da Chapada
São João da Chapada
São João da Chapada

 

COMO FAZER SUA RESERVA?

Conheça os Receptivos Familiares (hospedagem familiar) a partir das informações ao lado. 

Em SAIBA MAIS você terá mais detalhes do Receptivo, da família anfitriã e fotos internas da casa. 

Já escolheu o Receptivo de sua preferência? 

Preencha a FICHA DE RESERVA que aparecerá na tela. Envie sua Ficha de Reserva por fax, e-mail ou telefone, de acordo com o contato de cada localidade.

 

Rota para São João da Chapada

Onde estou?    
Nome completo da cidade Seu estado  



Imprimir

 

Sobre a localidade


© 21/09/2006 - Flávio Vitarelli
Ampliar Enviar como cartão

Em elevadas Serras de afloramentos rochosos do Espinhaço, no alto de uma chapada do Alto Jequitinhonha está São João da Chapada, banhado por diversos ribeirões. O distrito foi povoado por notáveis engenheiros de minas, estrangeiros e nacionais, nos tempos coloniais, os quais produziram expressivo conhecimento sobre os modos de garimpar desenvolvidos pelos negros escravos. Em 1833 surgiram as primeiras choupanas construídas em madeira, adobe de barro e parede de varas, cobertas com capim ou telhas de cerâmica e, hoje, pode-se notar que muito pouco mudou na configuração urbana do distrito, e as cabeceiras do rio Caeté-mirim guardam alguns moinhos ainda em atividade.

Os quintas das casas de São João da Chapada possuem diversas árvores frutíferas como abacateiros, mangueiras, pessegueiros, goiabeiras, dentre outras, arbustos medicinais como o louro. Os fornos de barro são usados para feitura de saborosas quitandas como o bolo de fubá, o biscoito de polvilho e várias receitas de bolachas, o que faz com que um cheiro irresistível de quitutes saia pela chaminé e se espalhe por todo o povoado.

Conhecer São João da Chapada é sentir o gosto do vinho de jurubeba, apreciar o artesanato local com seus tapetes de retalhos e arraiolos, descobrir os casos e as histórias reais dos tempos de colonização e garimpagem e, acima de tudo, participar da criação de novas histórias para a região.

População: 3800 habitantes

Sede: Diamantina

Distância de São João da Chapada à Diamantina: 26 km

Acesso à Diamantina: estrada de terra.

Infra-estrutura: Posto de Saúde, telefonia fixa e móvel, água (poço artesiano) e energia elétrica.

Atrativos Turísticos

Naturais: Mirante, Parque Nacional das Sempre Vivas e Rio Pardo.

Culturais: Fazenda Caeté Mirim, Cruzeiro, Pastorinhas, Grupos Folclóricos, Bandas musicais (Santa Cecília, Corporação São Joanense), Chapada, Festas São Joanense Ausente, Dança da Chula e Pinturas Rupestres.

Religiosos: Matriz de Santo Antônio e Capela do Senhor do Bonfim, Festa do Divino, Festa de São Geraldo, Festa do Santo Antônio, Semana Santa e Folia de Reis.

 

Versão em inglês

 

São João da Chapada lies on the rocky ridges of the Espinhaço Sierra, atop a waterway-rich plateau in the Upper Jequitinhonha region. In colonial times the hamlet attracted expert mining engineers, both Brazilian and from overseas. They acquired extensive knowledge on mining operations, which were actually performed by African and Afro-Brazilian slaves. In 1833 the first huts were built with wood and adobe, with seagrass or shingled roofs. Today one may notice that little has changed in the district's urban configuration, and along the headwaters of the Caeté-mirim River a few old mills are still running.

Domestic backyards are filled with several fruit trees, such as avocado, mango, peach and guava, along with medicinal plants. Brick ovens are used to cook corn meal cake, cookies and crackers, filling the air with irresistible aromas.

In São João da Chapada you will taste the jurubeba wine, watch artisans producing handcrafts, hear tales and real stories about mining in colonial times. And you will partake in the making of a new history for the region.

Population: 3,800

Administration: Diamantina

Distance from São João da Chapada to Diamantina: 26 km (16 miles)

Access to Diamantina: dirt road.

Infrastructure: Health clinic, mobile and fixed-line telephone, well water, and electric power.

Tourist Attractions

Natural: Belvedere, Sempre Vivas National Park and the Pardo River.

Cultural: Caeté Mirim Farm, Cross, Pastorinhas, Folk Groups, Music Bands (Santa Cecília, Corporação São Joanense), Chapada, Absent Citizen Festival, Chula Dance and Cave Painting.

Religious: St. Anthony Church, Lord of Bonfim Chapel, Divino Festival, St. Gerald Festival, St. Anthony Festival, Holy Week and Epiphany Festival.


 

Lugares para visitar

Hospedagem Familiar

1 até 4 de 4
Foto destaque
AmpliarEnviar como cartão
Responsável : Joana Antônia de França Dupim
 
  
 
 

  
 
 

Foto destaque
AmpliarEnviar como cartão
Responsável : Maria Alaídes Sanguinet
 
  
 
 

Foto destaque
AmpliarEnviar como cartão
Responsável : Maria de Lourdes Machado
 
  
 
 

Foto destaque
AmpliarEnviar como cartão
Responsável : Maria Suely Sanguineti
 
  
 
 

  
 
 

  
 
 

 

Lugares para visitar

 
© 19/11/2006 - Cristina
AmpliarEnviar como cartão
© 19/11/2006 - Cristina
AmpliarEnviar como cartão
© 29/01/2007 - Evandro Guilhon
AmpliarEnviar como cartão
© 29/01/2007 - Evandro Guilhon
AmpliarEnviar como cartão
© 29/01/2007 - Flávio Vitarelli
AmpliarEnviar como cartão
© 29/01/2007 - Flávio Vitarelli
AmpliarEnviar como cartão
© 29/01/2007 - Flávio Vitarelli
AmpliarEnviar como cartão
© 29/01/2007 - Flávio Vitarelli
AmpliarEnviar como cartão
© 29/01/2007 - Flávio Vitarelli
AmpliarEnviar como cartão

 

 Topo

 

 

 

.CONTATO@TURISMOSOLIDARIO.COM.BR .