Chapada do Norte

 

 

 

Produtos Turísticos
Produtos Solidários
Fotos
  Chapada do Norte  
© 19/05/2006 - Evandro Guilhon

Chapada do Norte
Chapada do Norte
Chapada do Norte

 

COMO FAZER SUA RESERVA?

Conheça os Receptivos Familiares (hospedagem familiar) a partir das informações ao lado. 

Em SAIBA MAIS você terá mais detalhes do Receptivo, da família anfitriã e fotos internas da casa. 

Já escolheu o Receptivo de sua preferência? 

Preencha a FICHA DE RESERVA que aparecerá na tela. Envie sua Ficha de Reserva por fax, e-mail ou telefone, de acordo com o contato de cada localidade.

 

Rota para Chapada do Norte

Onde estou?    
Nome completo da cidade Seu estado  



Imprimir

 

Sobre a localidade


© 19/05/2006 - Flavio Vitarelli
Ampliar Enviar como cartão

O município de Chapada do Norte está localizado no Médio Jequitinhonha, cercado, ao norte, pelos municípios de Berilo e Francisco Badaró e, ao sul, por Minas Novas. Seu antigo território era ocupado por nações indígenas que, com suas culturas específicas, viviam da caça, da pesca, da coleta e do cultivo de algumas espécies vegetais, mas foram expulsas, devido a garimpagem de ouro às margens do rio Capivari. Chapada do Norte teve seu ponto de relevância no percurso dos tropeiros. No início do século XIX, beneficiada por sua localização próxima à estrada de acesso às plantações de algodão, tornou-se ponto de descanso para os viajantes que por ali passavam, o que promoveu seu desenvolvimento. Estórias orais contadas por pessoas mais velhas costumam identificar também quilombos na região e, segundo elas, os escravos “fujões” formavam seus refúgios nas terras da Chapada.

Em Chapada, as heranças ancestrais, tanto indígenas quanto escravas, não são apenas lembradas, mas vividas no cotidiano, representadas pelos grupos folclóricos, pelo conjunto arquitetônico de influência colonial e pelas manifestações de origem africana, como a Festa do Rosário dos Homens Pretos. O presente aponta tradições, que incorporaram de modo próprio o fortalecimento de seus saberes sobre a medicina popular, o ecossistema com seus ciclos e sabedorias cotidianas, sendo destacadas a presença de importantes lideranças na área rural, como as parteiras, os bezendores, os curandeiros e, até mesmo, os professores, líderes gerados no interior da própria comunidade que conquistaram respeito e admiração.

Ir à Chapada do Norte é ir à feira aos sábados de manhã se deliciar com as rapaduras, o queijo fresco, a cachaça e as frutas exóticas vendidas por lá, é apreciar as manifestações culturais como o Grupo Teatral Curutuaba, Grupo de Tamborzeiros do Rosário e o Grupo de João Pretinhos do Rosário, é participar dos hábitos locais, das prosas nos fins de tarde e também contribuir para com a história do município.

População: 15.206 habitantes

Infra-estrutura: Farmácias, Posto de Gasolina, Banco Itaú, água (copasa), energia elétrica.

Atrativos Turísticos

Culturais: Congada de Nossa Senhora do Rosário, Grupo Teatral Curutuaba, Grupo de Tamborzeiros do Rosário, Grupo de João Pretinhos do Rosário, Grupo As Pastorinhas Zeolita, Folia de Reis, Grupo Seresta e Seresteiros do Alvorecer.

Religiosos: Matriz de Santa Cruz, Capela Nossa Senhora do Rosário, Capela do Senhor Bom Jesus da Lapa, Festa de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos de Chapada do Norte, Festa do Divino Espírito Santo e Coral dos Anjos de Deus.

 

Versão em inglês

 

The township of Chapada do Norte is located in the Mid Jequitinhonha region. It is surrounded by the townships of Berilo and Francisco Badaró to the North, and by Minas Novas to the South. The territory was inhabited by Indian nations living from fishing, reaping native flora and planting a few vegetables. These natives were driven away during the gold mining era on the shores of the Capivari River.
Chapada do Norte's relevance was its location in a trail for merchants traveling on horseback. By the early 19th century, thanks to its proximity to cotton farm roads, it became a stopover for travelers, leading to its development. According to verbal history told by elders, fugitive black slaves also formed the rebel communities called “quilombos” in the Chapada area.
In Chapada, native Indian and black slave heritages are remembered and relived by folk groups, through the colonial architectural style, and in African-based celebrations, such as the Black Men Rosary festival. Traditions have incorporated ancient knowledge to the present, from folk medicine to knowledge about the environment and Nature's cycles. This is manifested in the abilities of important rural leaders, along with midwives, cult priests, shamans, and even teachers – leaders who were born in the community and have gained respect and admiration.
Saturday morning in Chapada is outdoor food fair time. You may savor sugarcane candies and fruits, and drink a typical Brazilian “cachaça”. Cultural events include the Curutuaba Theater Group, the Rosary Drummers Ensemble and the João Pretinhos Rosary Group. You will enjoy pleasant evenings with music and chats, and leave your mark on the town's history.

Population: 15,206


Infrastructure: Pharmacies, gas station, Itaú Bank.


Tourist Attractions


Religious: Santa Cruz Church, Our Lady of Rosário Chapel, Good Lord Jesus of Lapa Church, Our Lady of Rosário of Black Men Festival, Divine Holy Ghost Festival, and God's Angels Choir.


Cultural: Our Lady of Rosário of Black Men's Music Festival, Curutuaba Theater Group, Rosary Drummers Ensemble, João Pretinhos Rosary Group, Pastorinhas Group, Zeolita, Epiphany Festival, Serenades and Dawn Serenaders.

 

Lugares para visitar

Hospedagem Familiar

0 até 0 de 0
 

Lugares para visitar

 
© 09/06/2006 - Flávio Vitarelli
AmpliarEnviar como cartão
© 10/01/2007 - Flávio Vitarelli
AmpliarEnviar como cartão
© 10/01/2007 - Flávio Vitarelli
AmpliarEnviar como cartão
© 10/01/2007 - Flávio Vitarelli
AmpliarEnviar como cartão
© 22/01/2007 - Flávio Vitarelli
AmpliarEnviar como cartão
© 22/01/2007 - Flávio Vitarelli
AmpliarEnviar como cartão

 

 Topo

 

 

 

.CONTATO@TURISMOSOLIDARIO.COM.BR .